Ministério da Cultura, Governo do Estado do Espírito Santo, Petrobras e BNDES apresentam:


Festivalzinho de Cinema leva a 7ª arte para crianças e adolescentes

16/09/2014

O Festival de Vitória – Vitória Cine Vídeo também tem espaço para a criançada se divertir e entrar em contato com o cinema por meio de uma seleção específica de bons curtas-metragens de todo o país voltados para o público infanto-juvenil. É o Festivalzinho de Cinema, que completa 15 anos de compromisso com os pequenos e novos espectadores, tendo formado uma nova geração de plateia para o audiovisual nacional. Nele, os estudantes da rede pública de ensino da Região Metropolitana de Vitória têm a oportunidade de assstir a dez cutas-metragens de animações e ficções com exibição inédita no Estado.

O Cine Metrópolis, na UFES, retornou este ano a receber os cerca de mil e oitocentos estudantes que estão lotando a sala de cinema nesses três dias de Festivalzinho. As sessões, previamente agendadas com as escolas, acontecem nos dias 12, 15 e 16 de setembro em duas sesões diárias – às 9h e às 14h.

Na manhã dessa segunda-feira (12) foi a vez da Escola Municipal de Ensino Fundamental Neusa Nunes Gonçalves, do bairro Nova Palestina, em Vitória, e da Escola Municipal de Ensino Fundamental Adilson da Silva Castro, da Ilha de Monte Belo, também da Capital levarem os estudantes para o cinema. Na sessão vespertina, o Festivalzinho  recebeu os estudantes da Escolas Municipal Ensino Fundamental Valdeci Cezári e da REAME – Centro Educacional Comunitário, ambos do município de Cariacica.

A pedagoga da EMEF Neusa Nunes, Sheila Dias, acompanhou nesta manhã as turmas da 5ª a 8ª série para esta “aula” diferente, dentro do cinema. “Vindo ao cinema, eles têm uma outra estrutura para poder absorver novos conhecimentos, e também os filmes que assistimos mexem muito com a realidade deles. Depois de conhecer esses curtas, os professores ainda trabalham dentro da escola com novas atividades baseadas nos temas dos filmes”, explica a pedagoga.

CMP11314O estudante da 5ª série, Miguel Lacerda Gomes, de 12 anos (foto ao lado), assistiu à sessão do 15º Festivalzinho e disse ter se identificado com os filmes exibidos. “Nós estamos aprendendo muito mais coisas que não têm nas aulas na escola. É muito divertido! A gente vê situações e histórias nos filmes que se parecem com a gente. O ‘Doutor, meu filho é animador’ foi um dos que mais gostei, porque o doutor é também um animador e ele incentivou o menino a continuar sendo como ele é”, disse Miguel. Ele também conta que aprendeu a fazer animação com flipbooks na escola – usando desenho no papel e depois filmando.

Voto popular

O público ainda interage com a programação ao votar no filme preferido para ganhar o Troféu Marlin Azul. O mais voltado será anunciado na Cerimônia de Permiação, dia 17 de setembro (quarta-feira), às 21h, no Theatro Carlos Gomes. Na edição anterior do Festivalzinho, o curta “João, o galo desregulado”, de Camila Carrossine e Alê Camargo levou o troféu e ainda percorreu dez cidades do interior o Espírito Santo na etapa itinerante do Festival de Vitória.

Filmes exibidos no 15º Festivalzinho de :

Abaixo, os filmes do 15º Festivalzinho de Cinema:

– Fuga Animada, de Augusto Bicalho Roque (animação, 4 min./SP).

– Doutor, Meu Filho é Animador, de Marcos Magalhães (animação, 14 min./ SP).

– Paleolito, de Ismail Lito e Gabriel Calegario (ficção, 6 min. e 18 seg./ SP).

– Pierre e Mochila, de Iuli Gerbase (ficção, 10 min./ RS).

– Dream Catchers, de Gabriel Moura Santana Freire (animação, 5 min./ SP).

– Kyoto, de Deborah Viegas (ficção, 9 min./ SP).

– Por Ela, de Rafael Jardim (animação, 4 min./ BA).

– Apaixonadinho, de Alexandre Estevanato (ficção, 13 min. / SP).

– Viagem na Chuva, de Wesley Rodrigues (animação, 13 min./GO).

– Malária, de Edson Oda (Animação, 5 min./ SP).

Leia mais:

Festivalzinho de Cinema: filmes para os pequenos espectadores